domingo, 28 de março de 2010

Agent Orange em Campinas!

CHOPSUEY DISCOS ORGULHOSAMENTE APRESENTA....

AGENT ORANGE (EUA)
http://www.myspace.com/agentorange

Abertura

DRÁKULA
http:www.myspace.com/drakulaband

MULLET MONSTER MAFIA
http:www.myspace.com/mulletmonster

09/04/2010
22h
r$35,00

Local: Bar do Zé - av Albino J.B de Oliveira 1325 - Barão Geraldo - Campinas -SP

garanta seu lugar comprando ingressos antecipados nos seguintes locais:

CHOPSUEY DISCOS
r. Barreto Leme 1250 - centro - Campinas - SP - 19 3236 0792
http://www.chopsueydiscos.com.br

DISORDER
r. gal osório 1565 - cambuí - Campinas - SP - 19 3381 0309
http://www.lojadisorder.com.br

BAR DO ZÉ
av Albino J.B de Oliveira 1325 - Barão geraldo - Campinas -sp
http://www.obardoze.com.br


This is the South American Voice

Brasil Tour Abril/2010


AGENT ORANGE RELEASE


Agent Orange . Os pais do Surf/Rock

O
AGENT ORANGE é um dos maiores e mais influentes nomes da cena alternativa mundial. Surgido em Orange County (California/EUA), no ano de 1979, o trio inicialmente formado por Mike Palm, Scott Miller e Steve Soto, é o responsável pela criação de um estilo musical que influenciou toda uma geração.

Sua música, uma mistura de Surf Music, com o até então novo Punk Rock, foi a trilha sonora de uma juventude que cresceu na Califórnia no início dos anos '80, e que dentre seus feitos, "profissionalizou" o Surf como esporte e desenvolveu a arte do skate pelo mundo.

Sua combinação de riffs poderosos e melodias Surf, agradou em cheio a surfistas e skatistas, sendo citação obrigatória dentre os nomes mais conhecidos dos esportes. O primeiro sucesso da banda, Bloodstains, lançado no ano de 1981, é até hoje um clássico, adorado por gente como o skatista Tony Hawk, que incluiu a faixa na trilha-sonora de seu game, “Tony Hawk’s Pro Skater 4”.

Em seus 30 anos de história, o grupo viu infindáveis formações fortemente influencidas por sua música, atingirem o estrelato e assinarem contratos milionários com grandes gravadoras, como Offspring, Green Day, Bad Religion, dentre outros... Mas optaram por se manter fiel a suas origens, ressaltando a dignidade de sua música perante a seus infindáveis fãs.

A banda mantém uma imensa legião de fãs fiéis que sempre estão presentes por onde eles passam, em qualquer país do mundo. Um bom exemplo disto é a quantidade de acessos de seu myspace, que conta com mais de 1.000.000 (um milhão) de pageviews em pouco tempos de existência.

O
AGENT ORANGE é o exemplo vivo. Um marco na história da música, uma banda que tem como seu maior legado, sua legião de fãs que estão sempre os esperando onde quer que seja.

AGENT ORANGE Myspace : http://www.myspace.com/agentorange


Formação :

  • Perry Giordano . Baixo

  • Dusty Watson . Bateria

  • Mike Palm . Guitarra/Voz


quinta-feira, 25 de março de 2010

"Por Favor, me conte uma MENTIRA"

No espetacular dia da mentira, acontecerá algo inusitado em Campinas: a abertura da Galeria disORder, o mais novo espaço destinado à arte contemporânea da cidade. Acreditem !

Em sua primeira mostra estarão presentes quatro artistas locais, que mesmo com pouca idade irão mostrar para que vieram. Como a galeria, definitivamente, eles também não vieram para ser mais um, e isso fica claro com a exposição.

Trancafiados durante um mês no espaço, os artistas simplesmente subverteram o local. Litros e mais litros de tinta, desenhos, palavras rabiscadas, objetos e uma boa dezena de obras estarão disponíveis para a degustação dos visitantes, que com certeza irão se deparar com uma nova proposta até então desconhecida na região.

O mais interessante é a fusão de conceitos apresentados na exposição. De um lado Waldomiro Mugrelise e Kauê Garcia, artistas oriundos do Punk Rock, influenciados desde sempre por cartazes de shows, fanzines, capa de discos e tudo que é possível existir visualmente nesse cenário. Já no outro lado, Pedro Guimarães e Guilherme Gui, que vem da escola do Skate e do Grafitti, mesclando referências de stencil, pintura, ilustração e muito mais do esses universos oferecem, e a união gerou bons frutos, com trabalhos dialogando facilmente entre si, até porque fica evidente que a base de tudo isso, nada mais é do que a rua, a paisagem urbana.

Essa mostra visa trazer para Campinas um novo conceito, fugindo de clichês e fórmulas prontas, apostando em novos talentos e sem medo de arriscar. Enfim, apresentamos "Por Favor, me conte uma MENTIRA" e, mesmo não parecendo, é a mais pura verdade.
Visitação:
De segunda a sexta: 9:30 hs as 19:00 hs
Sábado: 9:30 hs as 17:00 hs
Domingo: 10:30 hs as 16:00 hs

Galeria disORder
R. General Osório, 1565
Cambuí- Campinas
contato@lojadisorder.com.br
www.lojadisorder.com.br
www.twitter.com/lojadisorder

sexta-feira, 19 de março de 2010

ELEMENT IN ROÇA 2010


Circuito Brasileiro de Skate Amador 2010

ELEMENT IN ROÇA 2010 ABRE A TEMPORADA DE COMPETIÇÕES OFICIAIS DO SKATE VERTICAL AMADOR NO PAÍS.

Evento será válido e contará pontos para o Ranking do Circuito Brasileiro de Skate Amador 2010 da CBSk Confederação Brasileira de Skate.

A temporada de competições do vertical amador começará oficialmente no próximo dia 27 de março, sábado, na cidade de Guaratinguetá, interior de SP. O evento será realizado no Half-pipe “Vert in Roça”, na fazenda do skatista profissional Guilherme Barbosa Godoy, o “Gui”, que fica á 10 minutos do centro de Guaratinguetá.

A competição será válida também como a primeira etapa do Circuito Brasileiro de Skate Vertical Amador CBSk 2010 e será disputada nas categorias Amador e Iniciante.

O local já foi palco de etapas em anos anteriores e o ajudou a formar a nova e talentosa geração do vertical amador no país.

Além disto, Guaratinguetá é uma das cidades de maior tradição no Skate nacional, sendo que na década de 80, sediava o campeonato mais importante daquela década, o tradicionalíssimo “Campeonato Brasileiro do Itaguará Country Clube”.

A cidade é também um berço de talentos de diversas gerações, como Carlos Eduardo “Yndyo”, Fernando “Nando” Tassara, Antônio Machado Júnior, Alê de Guará, Marcelo “Coruja”, além do próprio “Gui” Barbosa e o mais consagrado deles, Leonardo Godoy Barbosa, o “Léo Kakinho”, sendo que todos eles fazem parte e ajudaram a escrever a História do Skate no Brasil.

O half pipe está em perfeitas condições para sediar esta etapa que promete grandes emoções, com presenças confirmadas de Ítalo Penarrubia, Carlos Niggli, Murilo Peres, Raul Roger e Léo Ruiz, que deverão ser os grandes nomes desta temporada, que promete ser um dos mais disputados circuitos amadores de vertical dos últimos anos.

O Circuito Brasileiro de Skate Vertical Amador CBSk 2010 formará o Ranking Oficial do Skate nacional e dará o direito aos três melhores colocados do ano a pleitearem o Bolsa-Atleta do Governo Federal.

O evento é uma realização de “Vert in Roça”, sob administração de “Gui” Barbosa, que vêm investindo no vertical amador desde a época em que a modalidade estava um tanto esquecida e não atraía os olhares da grande mídia, do grande público e das grandes corporações.

Ficha Técnica:
ELEMENT IN ROÇA
CIRCUITO BRASILEIRO DE SKATE VERTICAL AMADOR 2010 - 1ª Etapa
MODALIDADE - VERTICAL (HAL-PIPE)
CATEGORIAS - AMADOR E INICIANTE
DATA: 27 DE MARÇO - A PARTIR DAS 13h00
LOCAL: VERT IN ROÇA – GUARATINGUETÁ/SP
ESTRADA CAPITUBA DE BAIXO – KM 1,5
INFORMAÇÕES: (12) 9779-8577 – guivertinroca@hotmail.com ou (11) 2803-3090 – esporte@cbsk.com.br
PATROCINIO: ELEMENT
APOIOS: EVOKE e FLASH POWER
REALIZAÇÃO: VERT IN ROÇA
HOMOLOGAÇÃO: CBSK – CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE SKATE

fonte:

Acesse/Divulgação: CBSk http://www.cbsk.com.br

RE:BOARD IN LA

No dia 27 de março, a Exhibit A Gallery, espaço cultural do lendário Tony Alva, receberá a exposição RE:board, que reúne alguns dos mais históricos models de shape do Brasil.

A mostra conta, também, com a exibição do vídeo homônimo, realizado por Alexandre Sesper, com depoimentos de fabricantes, skatistas profissionais e artistas plásticos, hoje consagrados, que iniciaram suas carreiras tendo por suporte os decks de madeira.

Entre os exemplares garimpados por Sesper, estão os três primeiros models de shape do Brasil, que marcaram o início da profissionalização do esporte no país, em 1985: os shapes de Álvaro Por Quê?, George Rotatori e Jorge Kuge, lançados pela Urgh, com arte de Billy Argel. O artista assina, também, o model mais vendido da história do país, do skatista hoje radicado na Califórnia e campeão brasileiro de street, Antônio dos Passos Junior, mais conhecido como Thronn.

Estarão presentes no vernissage, o autor do documentário, Alexandre Sesper, a curadora da exposição, Ana Paula Negrão e Jorge Kuge, proprietário da Urgh, além de vários nomes consagrados do skate.

A exposição permanece em cartaz até o dia 7 de abril, das 19h00 às 20h00 e o endereço da Exhibit A Gallery é 1086 South Fairfax Ave., em Los Angeles, Califórnia.

Sobre o autor

Alexandre Sesper é skatista, artista plástico e vocalista da banda hardcore Garage Fuzz, desde 1991. Ele captou pessoalmente as imagens, elaborou as entrevistas, filmou e editou o documentário, que ficou em cartaz em São Paulo durante um mês, no ano passado, na Matilha Cultural.

Tony Alva

A história do skate é escrita por pioneiros, que romperam tradições, enfrentaram preconceitos e promoveram o esporte ao que é hoje: mais que uma profissão respeitada e um mercado sólido, um manancial que dita tendências de comportamento e moda no mundo inteiro - há décadas.

Em meio a tantos nomes que até hoje fazem história, Tony Alva seguramente é apontado como essencial em toda esta trajetória. O californiano integrou os lendários Z-Boys, cuja história foi contada no documentário Dogtown and Z-Boys, narrado por Sean Penn, que ganhou diversos prêmios, como o Independent Spirit Award e do Sundance Festival em três categorias: diretor [o também Z-Boy Stacy Peralta], e melhor documentário escolhido pelo público e pelo júri.

Esta história também foi contada pela Sony Pictures, no filme Lords of Dogtown [2005] e Alva foi o consultor de autenticidade da película.

Campeão mundial em 1977, ele é considerado o inventor do skate vertical pois, antes dele invadir as piscinas vazias durante a seca que assolou a Califórnia no fim dos anos 70, o skate ainda não havia saído do chão. Em 1999, Tony Hawk entregou a ele o X Games Life Time Achievement Award, concedido por sua carreira como um todo e, no ano seguinte, a revista Transworld o premiou com o prêmio de Lenda do Skate. Alva fundou sua própria marca nos anos 80 e ainda a mantém, em Oceanside. Além disto, segundo Stacy Peralta, "Até hoje, Tony ainda invade quintais de pessoas desavisadas, para sentir o prazer ilícito de andar numa piscina vazia".

Re:Board é o primeiro documentário e exposição sobre a arte de skate e especificamente dos shapes de skate no Brasil.

A principal idéia do RE:BOARD é dar referência às futuras gerações de skatistas, artistas, empresários, fabricantes e até mesmo entusiastas, assim como criar um suporte para entender e participar desse complexo diálogo do mercado, repleto de dificuldades e alternativas por conta da falta de recursos e tecnologia. No entanto, por meio dessa pesquisa, descobre-se que, mesmo sendo industrializado para os padrões nacionais, muitas vezes o produto beira o “faça você mesmo”. E, ainda com toda essa dificuldade, o mercado brasileiro transborda criatividade, técnica e originalidade.

“Divulgando o documentário e abrindo a exposição ao público gratuitamente, temos a pretensão de que o RE:BOARD seja o ponto de partida para uma nova fase de influência para artistas e skatistas, e além disso, desejamos que nas próximas décadas ainda possamos colher frutos e recordações como no passado, que foi marcado por esforço e paixão ao skate” resume o criador do projeto, Alexandre “Sesper” Cruz.

O documentário RE:BOARD registra depoimentos de alguns skatistas e colecionadores que viveram todos esses anos de skateboarding, desde os anos 70, em parceria com os artistas que formataram a estética do esporte que é o segundo maior em número de praticantes no Brasil. Nomes como Alex Hornest, Alexandre Vianna, Arthur Vicente, Billy Argel, Binho, Bruno Leonardo, Danielone, Fabio Ahmad, Fabio Bolota, Felipe Motta, Fernando Frazi, Flavio Samelo, Giuliano laruccia, Jorge Kuge, Lecuk, Magoo Felix, Marcelo Barnero, Marco Ubaldo, Marcola, Nilton Neves, Ragueb Rogério, Ratones, Ricardo Pingüim, Roger Mancha, Speto, Tinho e Thronn deram sua contribuição à pesquisa, que é um mergulho na total interação entre arte, estilo de vida e skate.

Durante a première, os convidados terão acesso ao documentário RE:BOARD, de 60 minutos, o documentário não é uma pesquisa cronológica das artes produzidas para os decks no Brasil. “O foco do filme é o estilo de vida e visões atuais de artistas envolvidos com a criação de artes para shapes de skate e que, por consequência, criaram a identidade das marcas por onde passaram, com uma visão mais analítica da geração”, detalha Sesper.

No mais puro espírito D-I-Y, com câmera e microfone na mão, o documentário foi atrás dos mais influentes artistas do universo do skate brasileiro e skatistas tidos como ícones no Brasil . Para dar o clima certo às entrevistas e imagens, o filme conta com trilha sonora 100% brasileira, cheia de nomes de peso da cena independente como Bodes e Elefantes, M.Takara, Guizado, Elma, Eu Serei a Hiena, Lobotomia, Presto?, Garage Fuzz e muito mais.

Junto ao documentário, a exposição já é considerada histórica no Brasil, com shapes e artes originais das últimas três décadas, alguns decks são raridades como os de Billy Argel criados no meio da década de 1980.

Divulgação: CBSk Confederação Brasileira de Skate

Fonte:www.campeonatosdeskate.com.br